Jean-Claude Lambert

Escultor francês de Mouzeil, participa em 2012 e presenteia a cidade de Bento Gonçalves com a escultura “Migração”

“Eu trabalhei neste eterno basalto a ideia da migração. Cada país ou continente foi visitado. Tive como base do meu trabalho a história dos Viquingues, mas sirva para qualquer período ou noção de movimento de pessoas.
Aventura, Esperança, Hostilidade, Luz, Movimento, Transmissão de elementos…”

Jean-Claude Lambert

Em 2013 volta para esculpir a obra “Porta Vinarius”

Lambert

“Através desta pedra de pé, aberta como a memoria de um livro, convido a pensar que a nossa humilde passagem torna-se possível graças a esta troca vital entre o telúrico e o cósmico. Para realizar esta obra improvisada, eis as palavras-chaves: terra, globo, cosmo, maternidade, cabeça de negro, memória, fruta, bolhas de espumante, uva”.

Jean-Claude Lambert

Este slideshow necessita de JavaScript.

No internet
Anúncios