Rath Geber Attila

Escultor húngaro que atualmente mora em Marseille (França), participa em 2012 e presenteia a cidade de Bento Gonçalves com uma escultura sem título, assim apresentada

“Escultura ambiental; bloco de basalto 190x120x140 cm colocado numa floresta

Da mesma forma das obras anteriores de Attila Rath Geber, este projeto concerne a relação da escultura com a paisagem. O artista tenta criar um diálogo direto entre a escultura e o ambiente enquanto a obra é organicamente integrada com o seu redor, portanto o entorno da escultura é parte inseparável da obra. É uma unidade, a oeuvre em si.
Foi utilizado um bloco de basalto que junto ao cenário final do trabalho na reserva natural determina o conceito do projeto. O artista transformou o bloco e ao mesmo tempo manteve a sua aparência natural. A inusual cavidade da rocha provoca um contraste dramático com a o aspecto natural, cuja impressão é reforçada pela forte presença estética da casca da pedra basáltica. A experiência comum relativa aos limites da possível aparência e o uso da pedra junto à colocação no ambiente natural evoca um aspecto misterioso e surreal. O espaço interno liso e a forma protetora, a vista incomum do interno da pedra conduzem para aspectos contemplativos e sensibilizadores. De uma certa forma, a distinção entre natureza como entidade criadora  e o ser humano criador torna-se vaga e trivial.
A obra pretende reorientar para a natureza a perspectiva do observador. A intenção é envolver o espectador mais do que apenas procurar admiração. É um convite a pensar juntos na natura e faz surgir várias questões concernentes a relação entre natureza e ser humano

Rath Geber Attila

Este slideshow necessita de JavaScript.

No internet
Anúncios